terça-feira, 17 de maio de 2011

Brigada de Incêndio

INDICE
1. INTRODUÇÃO_ 3
2. OBJETIVO_ 3
3. BRIGADA DE INCÊNDIO_ 3
4. PROFISSIONAL HABILITADO_ 3
5. CRITÉRIO BÁSICO PARA SELEÇÃO DE CANDIDATOS A BRIGADISTA_ 3
6. DEFINIÇÃO DO PERCENTUAL DE CÁLCULO PARA COMPOSIÇÃO DA BRIGADA DE INCÊNDIO_ 4
7. COMPOSIÇÃO DA BRIGADA DE INCÊNDIO_ 4
8. SISTEMA DE ALARME_ 8
9. IDENTIFICAÇAO DOS BRIGADISTAS_ 8
10. CIPA_ 8
11. EQUIPES DE INCÊNDIO_ 8
12. MATERIAL DE COMBATE A INCÊNDIO_ 10
13. EQUIPE DE RESGATE_ 10
14. PRIMEIROS SOCORROS_ 11
15. EQUIPE DE ISOLAMENTO_ 11
16. IDENTIFICAÇÃO_ 12
17. OCORRÊNCIAS EXTRAS / FENÔMENOS DA NATUREZA_ 12
18 PROCEDIMENTO COM VISITANTES_ 12
19 BRIGADA DE INCÊNDIO – COMPONENTES_ 12
20. DISPOSIÇÕES FINAIS_ 13


1. INTRODUÇÃO

Procurando atender o estabelecido na Norma Brasileira Regulamentada NBR-14.276 - Programa da Brigada de Incêndio e na Norma Regulamentadora NR-23 Proteção Contra Incêndio, elaboramos o PBI - Programa da Brigada de Incêndio.

2. OBJETIVO

Este plano estabelece as condições mínimas para a elaboração de um programa de Brigada de Incêndio, visando proteger a vida e o patrimônio, bem como, reduzir as conseqüências sociais do sinistro e dos danos ao meio ambiente.

3. BRIGADA DE INCÊNDIO

É o grupo de pessoas voluntárias ou não, treinadas e capacitadas para atuar na prevenção, abandono e combate a um princípio de incêndio e prestar os primeiros socorros, dentro de uma área preestabelecida.

4. PROFISSIONAL HABILITADO

É o PROFISSIONAL com FORMAÇÃO em SEGURANÇA DO TRABALHO devidamente registrado nos Conselhos Regionais competentes ou no Ministério do Trabalho e os militares das Forças Armadas, das Polícias Militares e dos Corpos de Bombeiros Militares, com o 2º grau completo e que possua especialização em Prevenção e Combate a Incêndio (carga horária mínima: 60 h) ou Técnicas de Emergência Médica (carga horária mínima: 40 h), conforme sua área de especialização.

5. CRITÉRIO BÁSICO PARA SELEÇÃO DE CANDIDATOS A BRIGADISTA

Os candidatos a brigadista devem atender aos seguintes critérios básicos:
Ø Permanecer na edificação;
Ø Possuir experiência anterior como brigadista;
Ø Possuir robustez física e boa saúde;
Ø Possuir bom conhecimento das instalações;
Ø Ser responsável;
Ø Ser alfabetizado.

NOTA: Caso nenhum candidato atenda aos critérios básicos relacionados, devem ser selecionados aqueles que atendam ao maior número de requisitos.



6. DEFINIÇÃO DO PERCENTUAL DE CÁLCULO PARA COMPOSIÇÃO DA BRIGADA DE INCÊNDIO

Ocupação População fixa por
Pavimento

Classe Subclasse
Descrição
Até 10
Acima de 10



7. COMPOSIÇÃO DA BRIGADA DE INCÊNDIO

7.1. EQUIPE DE INCÊNDIO I

Chefe da brigada de incêndio - 1 brigadista



Atribuições:
a. Comparecer ao local atingido, examinar a situação, acionar os meios necessários para a extinção do Estado de Emergência;
b. Exigir o cumprimento das atribuições dos membros da Brigada durante a ocorrência;
c. Dar apoio aos Brigadistas;
d. Determinar, de acordo com a extensão do estado de emergência, o ataque com:
Extintor de incêndio
® Carretas de incêndio
® Canhões de incêndio
® Mangotinhos
® Mangueiras de incêndio

e. Determinar para que o mecânico esteja em condições de atuar com presteza no controle do:
® Desligamento do gás;
® Produtos inflamáveis;
® Vazamento de substâncias tóxicas;

f. Determinar para que o Eletricista tome medidas quanto a;
® Casa de bombas da rede de hidrantes;
® Sistema de instalação elétrica;
® Iluminação do local (período noturno);
® Desligamento parcial ou total da rede elétrica;

g. Providenciar salvamento de pessoas, orientando a equipe de socorristas;
h. Determinar a evacuação da área;
i. Determinar o isolamento da área;
j. Providencias, se possível, a retirada de materiais e documentos considerados vitais e essências;
k. Identificar locais de risco;
l. Orientar para que seja usada a máscara de proteção respiratória, se for o caso;
m. Providenciar para que seja utilizada a roupa de aproximação ao fogo, se for necessário;
n. Manter contato permanente, através de rádio portátil com a Telefonista, Segurança Patrimonial, Mecânico e/ou Eletricista;
o. Providenciar apoio médico e solicitar que a enfermaria esteja em condições de receber feridos;
p. Determinar que uma viatura, com motoristas, esteja em condições de atender qualquer emergência;
q. Providenciar que o Corpo de Bombeiros e, se for o caso, da Policia Militar e Pronto Socorro mais próximo;
r. Apurar e investigar as causas do sinistro, após a ocorrência;
s. Emitir relatório propondo medidas;
t. Entrar em contato com a chefia da Segurança Industrial;

7.2. LÍDER DA BRIGADA

É o elemento de ligação entre o chefe e os brigadistas.



Atribuições:
a. Providenciar o acionamento do alarme;
b. Providenciar para que a área seja abandonada;
c. Verificar se foi procedido o corte de fornecimento de energia elétrica, gás e combustível;
d. Comandar as equipes de Brigadistas de ataque de:
® Extintor de incêndio;
® Carretas de extintores incêndio;
® Mangueiras de incêndio.

e. Orientar a equipe de socorristas;
f. Acionar o plano de chamada, nos dias sem expediente recrutando os brigadistas para o treinamento.

7.3. BRIGADISTAS

São os elementos operacionais.

Atribuições:
a. Combater o fogo com os meios disponíveis ao perceber um principio de incêndio;
b. Acionar o sistema de alarme;
c. Reunir no Ponto de Encontro junto ao Tanque de água para Combate ao Incendio, onde receberão instruções e será indicado o local do incêndio;
d. Conduzir para o local do sinistro todos os equipamentos necessário: extintores, maca, mascaras de proteção respiratória, roupa de aproximação ao fogo e corda ou fita zebrada para isolamento da área;
e. Auxiliar na evacuação da área;
f. Abrir as portas de saída de emergência;
g. Isolar os materiais de fácil combustão.


7.4. COMPONENTES DA BRIGADA

7.4.1. Equipe de Ataque com Extintores.

a. Combater o fogo com presteza e material apropriado
b. Apoiar a equipe de ataque com mangueiras, bem como as outras equipes de apoio mediante ordem do Chefe ou Líder da Brigada.

7.4.2. Equipe de Ataque com Mangueiras

Operar rapidamente uma ou mais seções de mangueiras

7.4.3. Operador de Válvula de Hidrante

Aciona a abertura de válvulas do hidrante

7.4.4. Equipe de Socorristas

® Mascaras de proteção Respiratória e de Roupas de Aproximação ao fogo;
® Conduzir para o local de sinistro os materiais que são da sua responsabilidade;
® Atender e socorrer com presteza as vitimas, caso necessário;
® Deixar a disposição do Chefe da Brigada as mascaras de proteção respiratória e as roupas de aproximação ao fogo;
® Apoiar o trabalho do auxiliar de enfermagem;
® Apoiar a equipe de ataque de extintores e/ou de mangueiras, bem como a equipe de evacuação e/ou isolamento da área, mediante ordem do chefe ou Líder da Brigada.

7.5. MECANICO

® Desligar as máquinas se for o caso.
® Verificar a Casa das Bombas
® Verificar se estão desligados os registros e válvulas de combustíveis inflamáveis
® Providenciar reparos de vazamentos de produtos inflamáveis e químicos
® Apoiar os brigadistas mantendo vigilância
® Permanecer na Casa das Bombas junto com o eletricista
® Manter contato rádio portátil com o chefe ou líder da brigada

7.6. ELETRICISTA

® Proceder o desligamento do sistema de instalação elétrica no local do sinistro
® Providenciar iluminação no local, quando o incêndio ocorrer no período noturno.
® Providenciar, se necessário, a ligação do grupo diesel as bombas, na Casa das Bombas.
® Permanecer na Casa das Bombas acompanhando e funcionamento da mesma
® Manter ligação via radio portátil com o Chefe ou Líder da Brigada
® Sugerir ao Chefe ou Líder da brigada a presença da companhia Estadual de Força e luz

7.7. MOTORISTA – PORTEIRO - VIGIA

Manter uma viatura (Ambulância) nas imediações da(o) ocorrência em condições de proceder a uma evacuação de feridos para o Hospital ou pronto socorro mais próximo.

7.8. SEGURANÇA PATRIMONIAL

Constituída pelos guardas ou vigias que deverão assumir seguintes atribuições:

a. Proibir a entrada de veículos e pessoas estranhas no Estaleiro Itajaí;
b. Manter os meios de comunicação livre;
c. Providenciar rádio portátil para o Chefe ou Líder da Brigada, Mecânico ou Eletricista;
d. Manter o transporte em condições de atender as vítimas;
e. Solicitar presença do Corpo de Bombeiros, Policia Militar e Ambulância, mediante ordem do Chefe ou Líder da Brigada nos períodosmsem expediente administrativo;
f. Acionar o Plano de chamada, mediante ordem do Chefe ou Líder da Brigada, solicitando a presença das pessoas que compõem o Comitê Emergência, bem como funcionários que poderão reforçar a Brigada, quando o sinistro ocorrer for ao expediente administrativo;
g. Acionar o sinal de alarme;
h. Manter comunicação continua com Chefe ou Líder da Briga através radio portátil;
i. Controlar movimento de pessoas na portátil;
j. Manter imprensa e familiares afastados;
k. Estar em condições de abrir seções departamentos mediante ordem do Chefe ou Líder da Brigada;
l. Manter contato com a enfermaria para o caso de necessidade de transporte;
m. Interditar vias de acesso;
n. Coordenar áreas de concentração do pessoal evacuado se for o caso.

7.9 EQUIPE MEDICA E DE ENFERMAGEM

a. Manter a enfermagem em condições de receber vitima de sinistro;
b. Orientar o trabalho da equipe de socorristas;
c. Solicitar que seja acionado o hospital ou pronto socorro mais próximo;
d. Providenciar recursos médicos e manter materiais de primeiros socorros visando atender as seguintes situações: contusões, estado choque, queimaduras, respiração socorro, bandagem, processos hemorrágicos, parada cardíaca.

7.10 TELEFONISTA

a. Manter linha disponível, não sendo permitida utilização aparelho por ninguém;
b. Acionar corpo de bombeiros Policia Militar ou Ambulância mediante ordem do coordenador do Comitê de Segurança Emergência ou do Chefe da Brigada;
c. Transmitir ao Corpo de bombeiros os seguintes dados:

® Localização e número do telefone do Estaleiro;
® Se possível tipo de incêndio.

d. Estabelecer ligações externas somente mediante ordem do coordenador do comitê de Emergência ou do Chefe da Brigada.

7.11 FUNCIONARIOS

a. Interromper o trabalho
b. Desligar a energia elétrica da sala setor e maquinas que estiver operando, se for o caso.
c. Fechar os registros de alimentação do óleo, gás ou material similar, caso esteja em operação e respiros de tanques.
e. Retirar material e documentos importantes se for o caso, como empilhadeiras, por exemplo, computadores arquivos etc...
f. Proceder ao primeiro combate ao fogo, desde que seja capaz e esteja habilitado.
g. Desobstruir passagens
h. Abandonar a área procedendo a evacuação de forma ordeira
i. Dirigir-se para a área de concentração


8. SISTEMA DE ALARME

a. O meio utilizado é o sonoro, com toque continuo;
b. O alarme pode ser acionado nos seguintes locais:

® Ponto de Encontro:
® Tanques de água para combate incêndio. .

9. IDENTIFICAÇAO DOS BRIGADISTAS

a. Os Brigadistas são identificados da seguinte forma:

® Camisa marrom c/emblema do Bombeiro Industrial;
® Calça marrom;
® Camiseta vermelha;
® Capacete vermelho.

10. CIPA

Os membros da CIPA - Comissão Interna de Prevenção de Acidentes, que não compõem a Brigada de Incêndio deverão auxiliar na organização de áreas de concentração e no serviço de atendimento as vitimas.

® Dos funcionários discriminados pôr setores.

11. EQUIPES DE INCÊNDIO

11.1 EQUIPE DE INCÊNDIO II

Acionamento da bomba principal - 1 brigadistas

Registro Nome Seção


É responsável pela verificação da abertura dos registros das caixas d água, do registro de ligação com a rede externa e a pressurização da rede interna.

11.2. EQUIPE DE INCÊNDIO III

Extintores de Incêndio - 3 brigadistas

Registro Nome Seção



São responsáveis pelo primeiro combate que será feito através da UTILIZAÇÃO DOS EXTINTORES DE INCÊNDIO distribuídos em todas as áreas.

Brigadista 1 - Extintor de CO2 6Kg.
Brigadista 2 - Extintor de Pó Químico 6Kg.
Brigadista 3 - Extintor de Pó Químico 6Kg.

11.3. EQUIPE DE INCÊNDIO IV

Linha de Mangueira I - 3 brigadistas
Registro Nome Seção




São responsáveis pelo combate ao incêndio fazendo uso do sistema fixo da REDE DE HIDRANTES E MANGUEIRAS DE INCÊNDIO distribuídos em todas as áreas

Brigadista 1

Abre a caixa de incêndio, retira as chaves de engate e fica no hidrante para abri-lo e fechá-lo.

Brigadista 2

Montar o 1º lance de mangueira de 15m.

Brigadista 3

Conectar o esguicho na mangueira e se necessário montar o 2º lance de mangueira.

Linha de Mangueira II - 3 brigadistas

Registro Nome Seção




São responsáveis pelo combate ao incêndio fazendo uso do sistema fixo da REDE DE HIDRANTES E MANGUEIRAS DE INCÊNDIO distribuídos em todas as áreas

Brigadista 1

Abre a caixa de incêndio, retira as chaves de engate e fica no hidrante para abri-lo e fechá-lo.

Brigadista 2

Montar o 1º lance de mangueira de 15m.

Brigadista 3

Conectar o esguicho na mangueira e se necessário montar o 2º lance de mangueira.


11.4. EQUIPE DE INCÊNDIO V

Apoio às equipes III e IV - 4 brigadistas

Registro Nome Seção





São responsáveis pelo APOIO ÀS EQUIPES III e IV, abastecendo-os com todos os equipamentos necessários ao combate ao incêndio.

12. MATERIAL DE COMBATE A INCÊNDIO

12.1. MANGUEIRAS DE INCÊNDIO

® mangueiras de incêndio de 2 ½”
® 05 esguichos tipo neblina de 2 ½”.
® chaves de engate rápido.

12.2. EXTINTORES DE INCÊNDIO

® 16 extintores de 6 Kg -Pó Químico:
® 4 extintores de 6 Kg -CO2
® 2 carretas de 20 Kg. -Carreta:

13. EQUIPE DE RESGATE

A equipe de resgate deverá prestar os primeiros socorros, avaliando a condição do acidentado e determinando se será possível à remoção ou se é mais recomendável aguardar a chegada do atendimento médico.

Sempre que ocorrer um sinistro, as equipes de resgate deverão posicionar-se de maneira a poder resgatar qualquer acidentado o mais rápido possível, encaminhando quando necessário, para o ambulatório médico, hospitais e/ou clínicas.

As equipes são as seguintes:

13.1. EQUIPE DE RESGATE I

Equipe de resgate I - 4 pessoas;

Deverão ir ao local da ocorrência, verificar as condições do acidentado e avaliar se poderá ou não ser removido.

Orientará a Equipe de resgate II – macas se poderá ou não trazer a maca, em caso positivo, deverão colocar o acidentado sobre a maca, proceder a imobilização e retirada do local até a ambulância ou veículo de transporte interno (Kombi), caso não esteja disponível, transportá-lo até o ambulatório pelo caminho mais curto e com o piso mais regular possível evitando os movimentos bruscos no acidentado, coordenando as passadas iguais dos 4 componentes da equipe que estão transportando a maca.

Registro Nome Seção





13.2. EQUIPE DE RESGATE II

Maca e 1° Socorros 4 pessoas

Deverão estar em sincronia com a equipe de resgate I, atendendo as suas solicitações e quando necessário fazer os primeiros socorros até a chegada do serviço médico interno e/ou externo.

Registro Nome Seção





14. PRIMEIROS SOCORROS

A assistência médica será dada pelo Auxiliar de Enfermagem , Sr. Renato Vicente, que deverá estar de prontidão duas horas antes no local do lançamento.

Deverá estar munido com um kit de primeiros socorros contendo:
® Cinco pares de luvas de látex;
® Soro Fisiológico;
® Algodão;
® Gaze esterilizada;
® Tesoura;
® Esparadrapo;
® Ataduras;


15. EQUIPE DE ISOLAMENTO

15.1. É COMPOSTA POR:

Qtd Registro Nome Seção
1
2
3
4

15.2. ATRIBUIÇÕES

Sempre que ocorrer um sinistro a equipe de isolamento munida de fita zebrada deverá, assim que chegar ao local, isolar a área, sempre com uma margem de segurança, impedindo o acesso de curiosos e controlando a entrada e/ou permanência de pessoas.

É responsável pela condução das pessoas externas autorizadas ao local da ocorrência.

Serão distribuídos funcionários membros da CIPA, Segurança Industrial, Brigada de Incêndio e Monitores de Segurança em pontos estratégicos em todas as áreas isoladas utilizando os seguintes equipamentos:

Material a ser utilizado pela equipe de isolamento:
® corda;
® fita zebrada;
® placas de advertência;
® suportes para as cordas e fitas.

Deverão estar preparados para a retirada ou evacuação de pessoas que estejam em local de risco, ou ainda, em caso de acidente, deverão retirar as pessoas que se aglomerarem, evitando a formação de tumulto.

16. IDENTIFICAÇÃO

Todas os representantes da equipe de segurança estarão identificados da seguinte forma:
® Capacete vermelho Brigada de Incêndio
® Capacete verde Segurança Industrial, CIPA e Monitores de Segurança.




17. OCORRÊNCIAS EXTRAS / FENÔMENOS DA NATUREZA

® vendavais;
® chuva de granizo;
® alagamento;
® enxame de abelha;

18. PROCEDIMENTO COM VISITANTES

Em caso de ocorrência de alguma anormalidade de grande vulto, as Equipes de Resgate e Isolamento deverão orientar os visitantes e funcionários para se locomoverem para o prédio administrativo.

19. BRIGADA DE INCÊNDIO – COMPONENTES

Qtd Registro Nome Seção
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
16
17
18
19
20
21
22
23
24

20. DISPOSIÇÕES FINAIS

Todos os participantes de todas as equipes deverão passar na sala da segurança ao final das atividades, a fim de que, possamos relatar todas as ocorrências e medidas tomadas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário